Policiais visitam idosa feita refém após assalto no interior do RJ

Os policiais militares que libertaram uma idosa feita refém por um assaltante em Valença, no interior do Rio de Janeiro, na manhã de ontem,ganharam destaque na imprensa mundial. Hoje eles visitaram a mulher de 83 anos, entregaram a ela um buquê de flores e, em seguida, foram homenageados no Batalhão da Polícia Militar com uma medalha de destaque profissional.

O roubo cometido por Cristiano Pereira Fabiano, de 24 anos, aconteceu em uma joalheria na cidade do interior fluminense. Ele fugiu por alguns metros após perseguição policial, rendeu a senhora que estava indo até uma farmácia, e ficou 10 minutos com a arma apontada na direção da idosa. A PM disse que o criminoso, mesmo cercado, ameaçava a vítima.

A PM disse que esperou até o momento que Thereza tropeçou e caiu para atirar no criminoso. Ela ficou apenas com um hematoma na mão por conta de uma queda sofrida durante a ação. De acordo com os policiais, ele possuía R$ 50 mil em jóias após o crime cometido.

Na manhã desta quinta-feira, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) parabenizou, em suas redes sociais, a tropa pela ação realizada em Valença.

Redação com UOL

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *