Maranhão deixa debate da Fetag sob vaias e gritos de “golpista”

O senador José Maranhão, candidato ao governo do estado pelo MDB, deixou o debate promovido na manhã desta sexta-feira (21) pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB) sob vaias e gritos de “golpista” e “fujão”.

Durante o debate o emedebista foi bastante criticado pela candidata do PSTU, Rama Dantas, e ao ser questionado pelo público sobre o fato de ter votado favorável a propostas do governo Temer, que teriam prejudicado os trabalhadores, Maranhão deixou o debate, dizendo que iria para o velório do vereador Johnny Rocha, que morreu hoje. Ele foi, então, vaiado pela plateia e chamado de fujão e traidor dos trabalhadores.

O evento da Fetag reuniu os candidatos ao Governo do Estado para um debate acerca de suas propostas para as mulheres e homens do Campo paraibanos.

O debate, já tradicional entre as lideranças sindicais do Campo e os candidatos à governador acontece há pelo menos 3 décadas, e foi realizado no auditório da entidade, localizado à Rua Rodrigues de Aquino, 722, Jaguaribe.

Participaram do debate centenas de lideranças do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares de todas as regiões do estado.

Durante o evento, os candidatos responderam perguntas elaboradas pela Fetag e questões levantadas pelo público, acerca dos principais problemas relacionados à Agricultura Familiar na Paraíba. Um documento com as principais demandas da população do Campo do Estado foi entregue aos candidatos.

 

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *