Governo do Estado toma a frente e garante liberação de 30% da frota que transporta combustível na PB

O governo do estado conduziu na manhã desta quinta-feira (24), uma reunião na presidência do Porto de Cabedelo, com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, a presidente da DOCAS/PB, Gilmara Temóteo e representantes dos caminhoneiros, do sindicato dos postos e do gerente executiva de controle e manutenção de veículos da Paraíba, Francisco Neuman, para discutir a liberação de parte da frota de caminhões que transportam combustíveis, na Paraíba.

Na reunião ficou acordado que no mínimo, 30% da frota de caminhões que transportam combustíveis, o que representa 800 mil litros destinados para os serviços essenciais, serão liberados.

“Os serviços essenciais não podem parar. A Justiça já começa a trazer determinações e o que queremos é negociar de forma democrática, para garantir não só a manifestação legítima que está acontecendo, mas também o direito das pessoas de ter policiamento, prestação de socorro e o seu transporte para ir até o trabalho, escola ou universidade”, disse o coronel Euller.

O governo da Paraíba decidiu realizar a reunião, preocupado em garantir para as próximas horas o abastecimento de carros que prestam serviços essenciais, a exemplo de viaturas, ambulâncias e transporte público.

A expectativa agora é que a exemplo da Paraíba, outros estados possam negociar com a categoria de caminhoneiros para que esses serviços essenciais não sejam prejudicados.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *