Presidente do Stiupb destaca a luta de Margarida Maria Alves pelo trabalhador

Através das redes sociais, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba, Wilton Maia Velez, registrou no último dia 12, que há exatamente 34 anos, era brutal assassinada uma grande mulher, mártir da luta pela justiça, por salário justo para os trabalhadores Rurais: Margarida Maria Alves.

 

“Ela tombou na luta e foi assassinada covardemente. Achavam seus algozes que matando ela, matava a luta; puro engano, já que surgiram milhares de novas Margaridas e de novos cravos, que encaram sua luta, e ainda nos dias de hoje, formam exércitos na luta por justiça social, por um mundo mais justo e fraterno e na luta contra o golpe e todos os golpes contra direitos e conquistas dos trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade.

Viva  Margarida Maria Alves!”, destacou Wilton.

 

Wilton Maia afirmou que apesar das pressões e das perseguições, tem Margarida e tantos outros como exemplo e estímulo para a luta: “Paga-se ainda um preço alto pela exposição e por defender os trabalhadores, mas não me vendo e minhas convicções valem muito. Acredito na luta incessante e diária”, destacou o presidente do Stiupb.

 

 

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *