Bruno Roberto diz que Pedro Cunha Lima foi oportunista na agenda com Bolsonaro

O pré-candidato ao senado pelo PL, Bruno Roberto, não se acanhou para falar sobre a presença de opositores na agenda com o presidente Jair Bolsonaro na última semana na Paraíba.

Entre outras lideranças estaduais estiveram prestigiando o evento o também pré-candidato ao senado, Efraim Filho (União Brasil) e o pré-candidato ao governo do estado, Pedro Cunha Lima (PSDB), classificados por Bruno Roberto como oportunistas.

Em entrevista nesta terça-feira (10), Bruno, que se coloca como verdadeiro pré-candidato defensor das pautas de Bolsonaro, alegou que os adversários tentaram uma aproximação falsa, já que não dizem publicamente que apoiam o presidente.

  1. – Me parece que é oportunista sim, tendo em vista que ele não faz a defesa de Bolsonaro e não reconhece esse presidente. Então foi oportunista – pontuou.