Morre famoso cantor de MPB aos 60 anos de idade: Beto Mi

Nesta última segunda-feira (10), morreu em Guaratinguetá, interior de São Paulo, aos 60 anos, o cantor Humberto Miranda Neto, mais conhecido como Beto Mi. O artista morreu vítima de um infarto. Além de cantor, ele também era produtor musical, compositor e arranjador.

Nascido em Guaratinguetá, Humberto Miranda se mudou para São Paulo para cursar em uma faculdade. Foi lá, inclusive, que ele mostrou o seu interesse para a música, onde participou de festivais de música popular brasileira (MPB).

No ano de 1982, Humberto Miranda venceu o festival Uba, com a música ‘Ói U Trem’, na oportunidade, ele foi comparada com o grande intérprete Chico Buarque. O primeiro LP do canto foi considerado um clássico de MPB, foi por causa dele que o artista ganhou amizade de grandes nomes da música brasileira como Ronnie Von, Ivan Lins, Vanusa, Toninho Horta e Peninha.

De acordo com informações do site O Vale, o corpo de Humberto Miranda será velado nesta segunda-feira, em Guaratinguetá.

Ainda falando sobre morte, quem também morreu no último final de semana foi o ator Lafayette Galvão, aos 83 anos de idade. Ele era conhecido por ter interpretado diversos papéis nas novelas da TV Globo. Nascido em Pouso Alegre, ele fez bastante sucesso na década de 90, e praticamente emendava uma novela na outra,

No ano de 1999, por exemplo, Lafayette Galvão esteve em Terra Nostra onde deu vida ao personagem Cesquim, Em Suave Veneno como Tide e em Chiquinha Gonzaga como Cond’ Eu. Já no ano 2000 participou da novela O Cravo e a Rosa, do autor Walcyr Carrasco onde interpretou o padre que celebrou inúmeros casamentos como o de Catarina e Petruchio. Lafayette Galvão também deu vida a outros padres, como na minissérie A Casa das Sete Mulheres e na novela América de 2005.

Em nota, o Retiro dos Artistas, onde o ator vivia atualmente, comunicou o falecimento do mesmo: “É com muita tristeza que viemos comunicar que faleceu hoje o nosso querido residente Lafayette Galvão. Ele foi ator, escritor e roteirista, apaixonado pela sua profissão, dedicou décadas a sua carreira no teatro e televisão”. O ator, vale dizer, sofria com problemas pulmonares e acabou não resistiu a um sépsis pulmonar.

Please follow and like us:

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *