Justiça apreende 15 computadores e um notebook na Câmara de Santa Rita após prisão de vereadores

A Justiça apreendeu, nesta quinta-feira (7), 15 computadores e um notebook na Câmara Municipal de Santa Rita para investigação sobre a viagem a Gramado, que resultou na prisão dos 11 vereadores quando eles voltavam do Rio Grande do Sul, na terça-feira (5).

Os vereadores santarritenses foram alvos da Operação Natal Luz, deflagrada pelo Gaeco do MPPB e Polícia Civil, suspeitos de criar evento para fazer turismo no Rio Grande do Sul. O flagrante do retorno deles foi feito na madrugada de ontem. O grupo foi alvo de denúncia anônima.

Ontem (6), os vereadores e o contador presos foram encaminhados à audiência de custódia no Fórum Juiz João Navarro Filho, em Santa Rita, e a juíza Maria dos Remédios decidiu que eles responderão ao caso em liberdade. O grupo estava encarcerado na Central de Polícia Civil, no Geisel, na Capital.

Please follow and like us:

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *