Desembargadora que espalhou fake news sobre Marielle diz que Boulos será ‘recebido a bala’

Rio – A desembargadora Marilia Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), compartilhou uma publicação em seu Facebook dizendo que Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e ex-candidato à presidência pelo PSOL, será “recebido a bala” após o decreto de posse de armas assinado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A postagem foi apagada, mas Boulos compartilhou uma print da publicação dizendo que a magistrada terá de responder por mais uma ação judicial. Marilia já respondeu judicialmente por disseminar fake news sobre a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), após a sua execução em março de 2018.

Após Boulos publicar que entraria com nova ação judicial, sob a alegação de que um magistrado não pode incitar o crime, a juíza afirmou estar sofrendo “censura” e disse que “é assim que começa a ditadura”.

Please follow and like us:

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *