“Eu e Veneziano fizemos trânsito para a maioria, nunca para minoria”, disse ex-Superintendente da STTP, Salomão Augusto

 

Nossa reportagem conversou com Salomão Augusto, hoje Superintendente de trânsito  do Município de Queimadas, cidade localizada na Região Metropolitana de Campina Grande. Na ocasião, Salomão falou sobre sua passagem pela Superintedência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), na gestão do ex-Prefeito Veneziano Vital do Rego.

Segundo Salomão, quando supervisionou o trânsito de Campina Grande, “tivemos uma gestão muito operosa, tínhamos na pessoa do Prefeito Veneziano a sensibilidade de tentar e fazer com que o trânsito de Campina mudasse aquele conceito arcaico, aquela situação que não era justa para uma cidade do porte da nossa”, contou.

“Veneziano nos incumbiu na época essa função e com isso fizemos várias mudanças, melhorando o sistema de transporte, de trânsito, implantamos o sistema de led nos semáforos de Campina, identificação e o mais importante que foi a Mobilidade Urbana, levando para todos os bairros da cidade este sistema”.

Indagado sobre o programa Vias Abertas, Salomão afirmou que “o programa implementou 470 ruas, fazendo interligações entre bairros para que possamos nos dias atuais encontrar exatamente uma cidade com mais qualidade no trânsito e naturalmente a mobilidade também”.

A convite do Prefeito de Queimadas, Carlinhos de Tião, Salomão assumiu a Superintendência de Trânsito daquele município e sua atuação frente ao órgão, de acordo com ele, segue a cultura de um lugar que, embora menor que Campina Grande respira desenvolvimento. “Queimadas é uma cidade que respira desenvolvimento e com 47 mil habitantes, tem um comércio punjante, mas ao mesmo tempo era necessário, tendo em vista que a população já sentiu a chegada da STTrans”, esclareceu.

“Hoje nós respiramos Queimadas no que diz respeito ao trânsito, portanto, o passado não volta mais e temos também hoje o reconhecimento nacional e permissional dos sistemas de taxi e mototaxi nesta cidade, devidamente legalizados e padronizados”.

Quando convocado por Carlinhos de Tião, Salomão disse que sua atuação frente ao trânsito de Queimadas foi uma atitude antipolítica e corajosa do Prefeito para aquelas pessoas “que pensam errado sobre a cidade”.

“Muita coragem do Prefeito Carlinhos de Tião levar à população de Queimadas, sabendo que o preço é muito alto, mas hoje o cidadão de bem desta cidade só tem a agradecer ao Prefeito exatamente por isso”.

Conforme informou o Superintendente, foram reduzidos em Queimadas,”46% dos índices de ocorrência do SAMU em relação à colisões com motocicletas, porque fazem uso dos capacetes e do trânsito seu maior aliado”.

Sobre investimentos no Distrito do Ligeiro, Salomão contou que a localidade recebeu asfaltamento da área central, sinalização “e vamos hoje começar um grande projeto de sinalização de todas as lombadas de Queimadas para que as pessoas não tenham surpresas”, concluiu.

“Foram feitas outrora, muitas lombadas irregulares, algumas estão sendo retiradas e outras sendo corrigidas para que a população se sinta segura no trânsito da cidade”.

VLT

 

Resultado de imagem para vlt campina

O Governador eleito e empossado para este mandato, João Azevedo (PSB), durante campanha, assumiu o compromisso de implementar um importante projeto, inclusive, de autoria do Senador diplomado Veneziano Vital do Rego, quando Prefeito de Campina Grande em sua segunda gestão. Trata-se do VLT, uma rede de veículos leves sobre trilhos, pretendendo atravessar a cidade como também levar a população aos Distritos e a todo Compartimento da Borborema.

Indagado sobre isso, lembrando que, era ele o Superintendente da STTP na época, Salomão respondeu, mencionando a pessoa do professor Nilson Nunes, PHD em sistemas de Veículos Leves sobre Trilhos em todo o Braisil, sendo portanto o responsável pela implantação do processo em várias cidades brasileiras. “Nós fizemos os estudos e encontramos viabilidade no projeto tendo como importante incentivador e entendedor do assunto, o professor Nilson, responsável pela implantação do sistema em várias cidades do nosso país”.

“É importante que com essa visão de futuro, o Governador João Azevedo entenda que Campina Grande tem a necessidade de dar mais mobilidade e mais conforto à população que cresce há cada dia, sair de uma localidade como o Complexo Aluísio Campos e chegar ao Araxá em, no máximo, 35 minutos, isso dentro de um veículo bem aparelhado, com ar condicianado, acentos confortáveis, além da tarifa completamente diferenciada”, completou.

“A curto espaço de tempo o Governador vai começar esse trabalho e me sinto feliz em saber que tudo isso foi uma concepção nossa, afinal lutamos por isso”.

Ao encerrar a entrevista, Salomão explicou que “o projeto compreende atravessar toda Campina Grande, começando pelo bairro do Araxá, cruzando toda a parte da Univeridade, seguindo para os bairros do Pedregal, Santa Rosa, Centenário, São José, será feito um grande terminal com entroncamento na Avenidade Floriano Peixoto, na continuidade Estação Velha, Tambor, Aeroporto João Suassuna, terminando no Complexo Aluísio Campos”.

Magali Souto Maior

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *