Em debate, Lucélio defende segurança regionalizada

O candidato ao Governo do Estado pela coligação Força da Esperança, Lucélio Cartaxo, defendeu uma gestão pública regionalizada, com investimentos que melhorem a qualidade de vida da população do Litoral ao Sertão, sobretudo no que diz respeito à segurança pública, hoje deficitária em muitas cidades do interior paraibano. As propostas foram apresentadas na tarde desta segunda-feira (01), durante debate realizado na rádio Correio 98FM.

“Há mais policiais na Granja Santana que em muitas cidades do interior. Esta semana, tivemos duas explosões seguidas em Serra Branca, enquanto a residência oficial do governador está totalmente equipada. Segurança pública será prioridade na nossa gestão, porque nestas eleições temos um candidato, representando o atual governador, que diz que está tudo tranquilo no Estado. O outro, foi governador por quase dez anos, não investiu e enfrentou greves dos policiais. A Paraíba não quer mais esta demagogia, mas um governador que reconheça os problemas, escute a população e busque soluções concretas”, disse.

Uma das propostas apresentadas por Lucélio Cartaxo foi a Operação Caminho Seguro. “Vamos proteger nossas divisas, que com efetivo policial e tecnologia de videomonitoramento vai fazer com que a Paraíba deixe de ter suas ‘portas’ abertas ao crime. Vamos também investir em concurso público, porque hoje temos menos policiais na Paraíba do que tínhamos oito anos atrás, um déficit que faz com que os policiais trabalhem exaustivamente”, questionou.

Além da segurança ostensiva, Lucélio defendeu políticas que afastem a população da criminalidade. “Governo tem que gerar oportunidades, pois só assim o crime deixará de ser atrativo. Vamos levar para toda a Paraíba qualificação profissional, acesso ao crédito para o primeiro negócio e educação, com as escolas bilíngues, levando aquilo que tem dado certo em João Pessoa e Campina Grande para todos os 223 municípios”, disse.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *