Ricardo diz que Bolsonaro não tem o que dizer e rechaça ‘criminalização’ o Empreender

O governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou nesta quinta-feira (27) que o eleitor brasileiro tem uma ‘personalidade de centro-esquerda’ e por isso não deixaria um candidato como Jair Bolsonaro (PSL) ascender ao poder.

Segundo o governador, o país não aceitou a interrupção do processo democrático com o impeachment da ex-presidente Dilma e vai retomar os rumos nas eleições deste ano.

“Esse caminho da solução fácil, de se pegar os ódios e temores que existem em transformar um candidato que não tem nada a dizer, acho que o brasileiro não é extremista, tem uma personalidade de centro-esquerda, é um povo progressistas e esse progresso não se dará nos moldes de quem prega a violência e sim coesão social, educação, ciência e tecnologia, creio nisso. Creio que o Brasil vai ficar em um caminho que infelizmente foi interrompido”, disse.

Ricardo ainda voltou a se posicionar contra as acusações por repasses do programa Empreender Paraíba. O governador reiterou que não aceitará a ‘criminalização’ da ação governamental.

“Eu falo a verdade, até setembro no ano passado fizemos R$ 13 milhões e 400 mil de Empreender e ele sabe disso, [Fernando] Catão sabe disse, e pegou uma época que o Empreender estava parado, por que ele parou, deu uma cautelar e tivemos que ir para a justiça. Se você comparar o período que eles queriam para fazer campanha política partidária, é claro que aumentaria, mas se comparar até setembro, esse ano só liberamos R$ 10 milhões, e claramente uma manipulação pra criar clima e criminalizar o Empreender, isso eu não vou aceitar”, completou.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *