Governo do Estado promove nova reunião para discutir liberação dos combustíveis em Cabedelo

O Governo do Estado, por meio da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), promoveu, neste sábado (26), nova reunião entre representantes da Polícia Militar, Sindicato dos Condutores e Empregados de Empresas de Transportes de Combustíveis, Produtos Perigosos e Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindicompetro-PB);  Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB) e dos Terminais de Combustíveis do complexo portuário.

Após o encontro, ficou decidido que a liminar concedida pelo juiz Antônio Silveira, da 2ª Vara Mista de Cabedelo, que determinou, entre outras medidas, o desbloqueio imediato das estradas e vias de acesso aos terminais de distribuição do Porto de Cabedelo será cumprida, o que aponta para o retorno progressivo da normalidade do abastecimento de todos os postos do estado, nas próximas horas.

Durante a reunião, foi apresentada a liminar ao presidente do Sindicompetro- PB, Hermeson Galdino, que não se manifestou contrário ao atendimento da medida e se comprometeu de levar a decisão judicial aos caminhoneiros, que ainda estão mobilizados. A normalização do abastecimento depende agora dos próprios motoristas, mas segundo o presidente do Sindipetro-PB, Omar Hamad, “estamos muito perto da resolução do impasse”.

O presidente do Sindipetro-PB também agradeceu a mediação promovida pelo ‘gabinete de crise’, capitaneado pela Companhia Docas da Paraíba, para reduzir os efeitos da situação no estado, e enalteceu a postura do presidente do Sindicompetro- PB, “pela forma como vem conduzindo a mobilização”.

A presidente da Docas-PB, Gilmara Temóteo, também destacou a postura proativa de todos os envolvidos nas negociações que se estendem nos últimos dias, respeitando o direito às manifestações e reivindicações dos trabalhadores, mas preservando, acima de tudo, o bem comum da população da Paraíba.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *