Caminhoneiros da Paraíba garantem que não vão recuar dos protestos

A greve nacional iniciada na última segunda-feira (21) pelos caminhoneiros, por causa dos aumentos e preços abusivos dos combustíveis continua nesta sexta-feira (25).

Uma liminar pedia que a categoria encerrasse a paralisação, mas o processo de bloqueio das BRs permanece em todo o país.

Em pronunciamento oficial, o presidente Michel Temer anunciou que vai acionar as forças nacionais para forçar o fim da greve, mas, na Paraíba, os caminhoneiros afirmam que o movimento não tem data para se encerrar.

Segundo um dos representantes da categoria, Franklin Júnior, a notícia dada pelo presidente foi recebida pelos caminhoneiros com tristeza.

Ele lembrou que o movimento está sendo apoiado pela população e que eles lutam por uma causa justa.

– Nós recebemos com muita tristeza, mas não vamos usar da força como o presidente. Vamos continuar na humildade. Nos chamam de analfabetos, sem estudo, mas não somos burros. A população nos apoia, basta ver a quantidade de arrecadação. Estamos aqui e estão vindo estudantes da Universidade Federal, representantes das igrejas católicas e evangélicas, motoboys, alternativos, todos para somar e nos dar apoio – frisou.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *