Lucas Veloso faz homenagem a Shaolin que completaria 47 anos

“Só tenho a agradecer a seu Veloso e a dona Elita pelo baixinho arretado que em dia de hoje trouxeram pra terra. E a ele, obrigado por tudo! Parabéns meu véi”, escreveu Lucas Veloso, em seu perfil do Instagram, nesta terça-feira (8), dia em que o ator e comerdiante Shaolin completaria 47 anos.

A morte de Francisco Josenilton Veloso, o Shaolin, completou dois anos no dia 14 de janeiro. Ele morreu aos 44 anos, em 2016, após uma parada cardiorrespiratória, em uma clínica particular de Campina Grande, no Agreste paraibano. Ele recebia cuidados médicos em casa desde 2011, após sofrer um acidente.

A esposa de Shaolin, Laudiceia Veloso, também lembrou a data. “Se eu pudesse te abraçar agora, poder parar o tempo nessa hora, pra nunca mais eu ver você partir”, escreveu o trecho de uma música do cantor Daniel, acompanhado de uma expressão que ela sempre usa para falar da morte do ator: “saudade sem tristeza”.

Lucas, inspirado pelo pai, seguiu a carreira de ator e humorista. Os primeiros passos do menino na TV nasceram na novela Velho Chico. O ator deu asas ao improviso e fez imitações de Antônio Fagundes e Silvio Santos. Em 2017, o paraibano foi estrela de Os Trapalhões, interpretando Didico e contracenando com os consagrados Renato Aragão e Dedé Santana.

 

Há dois anos, Lucas Veloso definiu bem o que a despedida de Shaolin representava para muita gente. Sempre com muita alegria, o humorista despertou em todos uma saudade irreparável do riso. “O que sinto agora, depois de quase 20 anos convivendo com um paizão maravilhoso, é mau humor”, disse Lucas, no dia do velório do pai. “A lição que ele deixou foi de que não importa a desgraça, a gente sempre pode fazer graça”, lamentou.

O acidente

 

O acidente com Shaolin aconteceu em Campina Grande, no dia 18 de janeiro de 2011. Aos 39 anos, o humorista dirigia uma Pajero na BR-230, por volta das 23h30, quando o carro foi atingido na lateral por um caminhão que manobrava no acostamento da estrada. O veículo que Shaolin estava capotou e saiu da pista.

O ator deu entrada por volta da meia-noite no Hospital Regional de Campina Grande, e foi transferido em seguida para o Hospital Antônio Targino, onde foi diagnosticado um traumatismo craniano e identificado um grave ferimento no braço. Ele viajava para cumprir uma agenda de shows.

O filho de Shaolin conta que no dia do acidente a família recebeu uma ligação de um tio informando que o seu pai havia sofrido o acidente. “Foi um choque de compreender. Demorou um tempo longo para todo mundo compreender que ele havia sofrido o acidente. Que ele estava impossibilitado de muita coisa. Que ele precisava de recuperação. Ele que precisava de ajuda, não era a gente que precisava da ajuda dele”, disse Lucas.

O acidente deixou Shaolin em coma. Ele interagia com a família através de expressões faciais e por meio do olhar. As evoluções passaram por um processo longo e gradativo, mas o humorista se manteve consciente e esforçado para se comunicar. Em 2016, após algumas complicações, os médicos detectaram um quadro de infecção pulmonar, que agravou para e Shaolin morreu no dia 14 de janeiro.

O corpo de Shaolin foi enterrado no cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. A cerimônia aconteceu sob aplausos e ao som da música “Não aprendi dizer adeus”, da dupla Leandro e Leonardo.

G1

Foto: Divulgação/Instagram/Lucas Veloso

Foto: Reprodução/Instagram/Laudiceia Veloso

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *