Vereador denuncia que PMCG está cortando subvenções a entidades filantrópicas

Foto: Paraibaonline Segundo Olímpio, nos primeiros dias do ano legislativo, o Poder Executivo envia para a Câmara propostas com as instituições e as subvenções sociais que devem ser repassadas ao longo do ano. Porém, de acordo com o vereador, até a atual data o município ainda não fez o encaminhamento e o consequente repasse à filantropia. – Eu tenho feito provocações e cobrado explicação. Inclusive, no último mês de abril, conseguimos aprovar requerimento solicitando ao prefeito a atenção para que ele pudesse mandar esse projeto para a Casa.  Não tivemos respostas e nem qualquer justificativa, o que nos leva a acreditar que o Poder Executivo está cortando essas subvenções para ajudar as instituições de caridade – criticou. O parlamentar citou algumas delas que deveriam estar recebendo as subvenções: Apae, Casa do Menino, GAV, Instituto dos Cegos, Instituto São Vicente de Paulo, Casa da Criança Dr. João Moura, Centro de Reabilitação, entre outras. Para ele as “instituições fazem um trabalho que efetivamente cabe à prefeitura, mas que ela negligencia, e mesmo assim não encontram, por parte do Poder Executivo, o devido apoio”. O vereador disse não acreditar que tenha sido um pedido do prefeito Romero Rodrigues os parlamentares da base votarem contra o requerimento, mas que eles “deram um tiro no pé”. – Falei que eles estavam pensando que estavam ajudando o prefeito, mas que de fato estavam prejudicando e muito mais os velhinhos do São Vicente de Paulp. O prefeito disse que ficou emocionado com a doação de R$ 100 mil da cantora (Marília Mendonça), mas poderia ter esse mesmo sentimento para a Prefeitura cumprir seu papel – criticou.

]]>