Veneziano justifica voto contra reforma trabalhista: “Votei pelos trabalhadores”