Veneziano diz que não teme punição do PMDB por votar contra Temer

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMSB-PB) afirmou nesta quinta-feira (13), que não teme represálias do partido, após declarar voto favorável a admissibilidade de denúncia contra o presidente Michel Temer, no Plenário da Câmara dos Deputados. A executiva nacional decidiu punir partidários que não votarem a favor de Temer. “Eu penso que o comportamento da Executiva não é a mais feliz, até porque desconhece o que é próprio nos debates partidários, que é a liberdade de expressar o que o membro partidário pense e tenha como fundamentado”, disse. A executiva nacional do partido declarou que os deputados que não acompanharem a decisão do partido sofrerão penalidades, que variam de suspensão de direitos a expulsão do partido. Veneziano, no entanto, afirmou que sua postura se mantém firme, coerente com o seu posicionamento, e sem temer qualquer penalidade. “Entendo que seja esse o posicionamento, mas não receamos represálias, ou quaisquer outras restrições ao nosso comportamento. Estamos de maneira coerente nos posicionando, mostrando que o presidente vai ter toda a oportunidade para explicar alguns pontos em interrogação. Assim fiz com a ex-presidente Dilma, faço com o atual presidente”, concluiu]]>