Time sertanejo sai na frente e inicia testes de covid-19 para retomada do futebol na Paraíba

Apesar da posição contraria de alguns representantes do futebol paraibano, contrários a volta dos jogos, enquanto não há a cura para o novo coronavírus. Um time sertanejo partiu na frente e já planeja o retorno gradual das suas atividades, baseado na primeira fase da flexibilização do isolamento social determinado pelas autoridades de saúde do Governo do Estado e dos municípios paraibanos. Trata-se do time do Atlético de Cajazeiras que foi a primeira cidade a permitir treinos de clubes profissionais.

Pelo decreto do Governo do Estado e de algumas prefeituras, os treinos dos clubes profissionais só acontecerão na segunda fase da flexibilização, prevista para o dia 29 deste mês. Porém, em outros municípios, a liberação já acontece a partir desta semana. Foi o caso do time do Atlético de Cajazeiras que desde a última terça-feira (16), deu início, aos exames médicos dos atletas, cumprindo todas as exigências do protocolo, e na próxima semana, começará os treinos físicos, possivelmente no Estádio Hirgino Pires Ferreira, e os treinos com bola só serão realizados no Perpetão, após a liberação do Governo do Estado, prevista para o próximo dia 29.

Para ele, essa decisão se baseia diante da curva crescente do novo coronavírus, deixando claro que sua decisão tem o aval dos seus pares. Valberto Lira, disse compreender a ansiedade de todos, afinal é um desportista nato, mas entende não ser o momento adequado para a retomada.

“Conversei com todos os membros da Comissão e são unânimes em não recomendar a volta do futebol com esses números crescentes do coronavírus no Estado. Seria uma grande irresponsabilidade. Fazemos isso porque o futebol envolve muita gente e até o momento não participamos de nenhuma discussão nesse sentido. Sei apenas de um protocolo que está sendo definido e, pelas informações, não vejo nenhum compromisso, só conjecturas”, opinou o presidente do Nudetor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *