Sitrans é intimado e está obrigado a manter em circulação linhas de ônibus para distritos de Campina Grande, após decisão da Justiça

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Campina Grande (Sitrans) foi oficialmente intimado, neste domingo (8), a cumprir a decisão da Justiça que proíbe a suspensão do funcionamento das linhas de ônibus que atendem aos distritos. O Sitrans havia anunciado, na sexta-feira (6), que suspenderia algumas viagens por “total insustentabilidade das linhas, cuja remuneração tarifária sequer cobre os custos da operação”.

Mesmo assim, conforme apurou o ClickPB, há relatos de que as empresas ainda suspenderam as viagens nesse sábado (7), o que prejudicou os passageiros das linhas 903B (São José da Mata), 910 (Jenipapo), 902 (Estreio/Salgadinho) e 955 (Galante), dos Consórcios Santa Maria e Santa Verônica.

Agora intimido o Sitrans, caso as empresas descumpram a decisão judicial, serão penalizadas com multa diária de R$ 20 mil e poderão responder a processo criminal por desobedecer à Justiça.

Desde a expedição da decisão da 2ª Vara de Fazenda Pública de Campina Grande, na última sexta-feira (6), a equipe da STTP vinha adotando medidas para que algum representante do Sitrans fosse intimado, o que não havia ocorrido devido ao fato de os oficiais de Justiça não terem conseguido localizar o diretor do órgão e representante processual, Anchieta Bernardino.

O superintendente da STTP, Carlos Dunga Júnior, ressalta que a Prefeitura de Campina Grande não se esquivará de buscar os direitos da população campinense. “Não admitiremos nenhuma decisão unilateral das empresas. Sempre prezaremos pelo direito do cidadão de se locomover e vamos sempre fazer tudo que for legalmente possível para defender esta garantia”, destacou o gestor.