Sete bairros têm alto risco de infestação por Aedes em Campina Grande

O gerente de Vigilância e Saúde Ambiental da Prefeitura de Campina Grande, Hércules Lafite, destacou, em entrevista a uma emissora de rádio, que dados do Levantamento Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) apontam que 60% dos bairros do município estão com alto índice de infestação pelo mosquito, que é responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika.

“Os principais bairros que se encontram nesta situação são: Tambor, São José, Liberdade, Jardim Paulistano, Malvinas, Pedregal e Centenário”, falou Lafite.

Por causa do alto índice de infestação, o carro ‘fumacê’ voltou a circular em bairros da cidade para auxiliar no combate ao mosquito.