Padre Gilmar diz que passou três dias em cativeiro sem alimentação: “consegui sair e fui caminhando pela estrada”

O padre José Gilmar, que estava desaparecido desde a terça-feira (13) e foi encontrado nesta sexta-feira (16), relatou os momentos que viveu nesses três dias. Segundo o sacerdote contou em entrevista à TV Arapuan, na Central de Polícia em João Pessoa, foram dias sem alimentação “abandonado no meio do mato”.

“Agradecer a Deus por estar vivo, pela nova oportunidade de vida. Eu estava abandonando no meio do mato e consegui sair e me soltar e fui caminhando pela estrada e fui encontrado”, declarou o padre Gilmar.

Ele narrou, ainda, que, durante o tempo em que esteve isolado, passou fome. “Não teve alimentação.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *