Mais condenações na Lava Jato, decide Sérgio Moro

Foto: Agência Senado O juiz determinou, ainda, que Cabral terá de responder preso caso decida recorrer da decisão em primeira instância. A progressão de regime, segundo o despacho, só deve acontecer após a devolução das vantagens indevidas recebidas. Também foram condenados o então secretário do governo Cabral Wilson Carlos Carvalho e o sócio do ex-governador, Carlos Emanuel Miranda. Moro absolveu a esposa de Cabral, Adriana Ancelmo, por falta de provas de autoria e participação nos crimes. Mônica Carvalho, esposa de Wilson Carlos, foi absolvida pela mesma razão.]]>