Lula se mantém com 40,6% e Bolsonaro vai a 32%, aponta pesquisa CNT

A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgou nesta terça-feira, 10, pesquisa sobre as intenções de voto dos brasileiros na corrida para a Presidência em 2022.

De modo geral, os resultados apontam que Bolsonaro tem reagido e subiu 4 pontos percentuais, enquanto Lula sofreu uma queda de 1,6 ponto percentual nos votos estimulados, uma queda, no entanto, dentro da margem de erro da pesquisa.

A lista de intenções de voto espontâneas (quando não são apresentados os nomes dos candidatos aos pesquisados) ficou configurada da seguinte forma:

Lula – 33,4%;
Jair Bolsonaro: 27,3%
Ciro Gomes: 3,8%
João Dória: 0,9%
André Janones: 0,5%
Outros: 1,2%
Branco/nulo: 5,8%
Indeciso: 27,1%

Já no caso da pesquisa do voto estimulado, quando o pesquisado pode ver o nome de todos os candidatos, as intenções de voto foram as seguintes:

Lula: 40,6% (42,2% na última pesquisa);

Jair Bolsonaro: 32,0% (28,0% na pesquisa anterior)

Ciro Gomes: 7,1% (6,7% na pesquisa anterior)

João Dória: 3,1% (1,8% na pesquisa anterior)

André Janones: 2,5% (1,5% na pesquisa anterior)

Simone Tebet: 2,3% (0,6% na pesquisa anterior)

Felipe d’Avila 0,3% (também 0,3% na pesquisa anterior)

Branco/nulo: 5,1% (6,2% na pesquisa anterior)

Indeciso: 7,0% (6,0%. na pesquisa anterior)

A pesquisa anterior foi realizada no mês de fevereiro de 2021 pela CNT.

Segundo Turno

Caso as eleições para a Presidência cheguem a um segundo turno, a pesquisa aponta que Lula venceria nos principais cenários:

50,8% votariam em Lula e 36,8% em Jair Bolsonaro em caso de uma disputa no segundo turno entre os dois candidatos; 9,2% votariam em branco ou nulo para este cenário.