Dono de bar e clientes são presos em Guarabira por descumprirem medidas preventivas contra covid-19

Seis pessoas, incluindo o dono de um bar e clientes, foram presas por policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar na noite de sábado (04), na zona rural do município de Guarabira, a 98 km da Capital. De acordo com a Polícia Militar, que executou uma prisão, essas pessoas violaram o artigo 268 do Código Penal Brasileiro, impediu a introdução ou propagação de uma doença contagiosa e os decretos estaduais vigentes que impõem medidas de prevenção contra um covid-19.

Os policiais, sob o comando do coronel-tenente-coronel Gilberto e a supervisão do major Silva Ferreira, realizam a Operação Previna-se, paralela à Operação Nômade, quando tomam conhecimento de que está tendo uma aglomeração de pessoas no status Contendas. Ao chegar ao local, como garantir a verificação da verificação, constatando que as pessoas estavam sem máscaras e ingerindo bebidas alcoólicas no interior de uma barra.

Durante as abordagens, houve resistência das pessoas presentes no trabalho dos militares, inclusive uma mulher que estava no meio de um aglomerado que dificulta a ação policial, favorecendo a fuga de outras pessoas que passaram por uma residência que fica na extensão da barra. As seis pessoas detidas foram conduzidas à delegacia para os procedimentos legais.

No rastreamento, uma mulher que favoreceu a fuga de outros infratores sofreu um mal e foi levada ao hospital para receber assistência médica, tendo sido qualificada indiretamente. Ela responderá judicialmente junto com os demais conduzidos à delegacia para um TCO (Termo Circunstância de Ocorrência).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *