Deputado defende que PT faça parte das manifestações promovidas pelo MBL contra Bolsonaro

O deputado estadual, Anísio Maia é favorável que o seu partido, PT, se una a manifestação que será promovida pelo Movimento Brasil Livre, neste domingo (12), em algumas capitais, para protestar contra o presidente Bolsonaro. Em João Pessoa, o ato acontecerá no Largo da Gameleira, Tambaú, a partir das 15 horas.

A ideia dos organizadores é dar uma resposta aos atos com pautas antidemocráticas e discursos golpistas por parte do presidente que ocorreram no feriado da Independência pelo país, como foco na possibilidade de um pedido de impeachment.

O MBL é o mesmo que capitaneou o impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, mas para o deputado o ato é válido porque agora é contra o atual presidente do Brasil.

Segundo ele, seria até viável que todos se unissem e fizessem um movimento igual ao das Diretas Já realizado em 1984.

“Eu acho que o PT deveria participar. Eu sou favorável que façamos um movimento igual ao das Diretas Já. Um movimento amplo. Não tem lógica dividir um movimento por partidos, por pensamentos políticos. O movimento deve congregar a um só objetivo: Fora Bolsonaro, chega de tantos desmandos. O Brasil quer um presidente que governe”, disse.

Segundo ele, quem concordar com isso, deveria participar do movimento e afirmou que vai apresentar ao PT essa proposta e ainda procurar outras lideranças de vários partidos para que não se fique apenas em um leque ideológico participando desse movimento.

“Nós temos que abarcar todas as tendências políticas. Ficariam de fora só os bolsonaristas pois é necessária essa união para derrubar esse presidente que ninguém aguenta mais”, esbravejou Anísio Maia.