Às véspera de votação, Temer e Aécio jantaram com dinheiro público