Ana Cláudia defende prorrogação de Auxílio Emergencial na pandemia e fala da violência contra mulheres

Ao participar de uma live com o jornalista Geovanne Santos, a pré-candidata à Prefeitura Municipal de Campina Grande e ex-secretária de Desenvolvimento e Articulação dos Municípios (Sedam), Ana Cláudia Vital do Rêgo, defendeu a prorrogação do Auxîlio Emergencial durante a pandemia do Covid-19.

Mais de mil pessoas participaram da live e elogiaram a participação da pré-candidata do Podemos e sua postura frente aos temas abordados. Durante a live, ela disse que precisamos pensar em uma Campina Grande e um Brasil pós pandemia.

Ana e Geovanne procuraram tirar algumas dúvidas dos campinenses, principalmente no que diz respeito à utilização dos recursos oriundos do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Diversas perguntas foram feitas durante a live.

Sempre interagindo com os internautas e com o jornalista em um recorde de audiência, Ana Cláudia disse que o momento foi muito especial e esclarecedor. Ela destacou a participação de pessoas de vários municípios da Paraíba e de vários estados de todo o Brasil.

Antes de encerrar a live, o jornalista Geovanne Santos fez um desafio a seus seguidores e a suas seguidoras, para seguirem as redes sociais de Ana Claúdia, e destacou a história da pré-candidata como uma mulher competente, inteligente, uma advogada, e alguém que pensa e está preocupada com o futuro de nossa cidade, do nosso Estado e do Brasil depois que essa pandemia passar. Ele ressaltou que Ana é uma pessoa de pulso firme e que está preocupada em resolver os dilemas da sociedade

Como estava falando basicamente para um público feminino, Ana Cláudia alertou as mulheres que estão sendo vítimas de violência durante esse período em que as famílias precisaram ficar em casa. Ela orientou as mulheres a denunciar qualquer tipo de violência e disse que qualquer tipo de abuso é inconcebível.

Como advogada, Ana cláudia lembrou que hoje existe todo um aparato que está à disposição para proteger as mulheres. A pré candidata considerou importante as mulheres procurarem a delegacia especializada e os órgão competentes para denunciar todo tipo de abuso com base na Lei Maria da Penha. Ela disse que, lamentavelmente, nesse tempo de pandemia tem aumentado o número de casos de violência contra a mulher.

“É importante trazermos esse tipo de informação. Com a questão do isolamento, isso é algo que tem nos preocupado muito”, afirmou. “Juntos nós podemos mais e vamos construir um Brasil melhor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *